sexta-feira, fevereiro 11

Portugal ou a Federação Ibérica



Portugal ou a Federação Ibérica
Documentos para História.

A desagregação do Estado espanhol tem vindo a ser defendida dos dois lados da fronteira que muitos afanosamente procuram eliminar de vez.

De um e do outro lado, surgem adeptos da destruição do actual Estado espanhol, para o que alguns - aliás, lucidamente - entendem ser útil o derrube da Monarquia.

Volta a sonhar-se com a velha construção da Federação Ibérica, que finalmente integre e submeta Portugal.

A Federação Ibérica tanto interessa a Paris e Berlim, como aos nacionalismos de Espanha. A Paris e Berlim interessa porque confina a Espanha ao espaço peninsular e europeu. Aos Catalães e Bascos porque permite afirmarem-se mais perante a força centrípeta de Madrid. Ao nacionalismo espanhol, porque agrega Portugal e espera controlar desde Madrid as forças centrífugas excessivas. E se um dia o Estado federal europeu acabar (o que não é impossível), fica pelo menos feita a união política da Península.

Hoje parece ser o imperialismo europeu quem acicata uma vez mais o imperialismo ibérico, mas outros há que pretendem ver ainda mais longe: depois do superestado europeu, virá um dia o superestado mundial, o grande Leviatão.

Para os nossos filhos ou os filhos dos nossos filhos, será talvez tarde demais. A herança será pesada.
Eis alguns documentos para a História:

- Carlos Monjardino e Maria do Carmo de Dalmau, "Rumores que vêm de Espanha", Expresso, 17 de Janeiro de 2004.
- Mário Soares, “A nova Espanha”, Expresso, 24 de Abril de 2004.
- Jordi Joan Baños in La Vanguardia, 21/01/2005.
- Helena Matos, "A Natureza do Mal", Público, 29 de Janeiro de 2005.

in blog jacaranda (veja aqui o texto na sua origem)

Sem comentários:

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here