sexta-feira, outubro 19

M de...Maddie

“José Sócrates ter-se-á reunido ontem com o seu homólogo britânico, Gordon Brown, após a Cimeira da União Europeia, em Lisboa, para uma conversa privada. O objectivo foi, segundo o primeiro-ministro britânico anunciou antes do encontro, discutir-se a forma como está a ser tratado o caso Madeleine McCann.”

E esta é, uma das notícias de topo do CM de hoje.

Nunca me pronunciei sobre a Maddie aqui, salvo ter colocado no blog as fotos e o “ajudem a encontrar”, à semelhança do que fizeram muitos portugueses.
Também eu sou mãe de uma criança da idade da Maddie e compreendo o sufoco, pelo que a colocação do cartaz foi um instinto básico.

Mas, e ao contrário da grande maioria das pessoas, desde o primeiro dia, do primeiro anúncio e do primeiro momento, a minha visão esotérica permitiu-me ter uma noção completamente oposta de tudo o que tem vindo a ser dito, visão esta que é inteiramente pessoal e subjectiva, mas que tem nas últimas semanas vindo a ganhar cada vez mais consistência e realismo, o que me leva a crer que, infelizmente, não devo estar enganada …

Seja o que foi que aconteceu à criança (e a minha opinião sobre o que foi não interessa agora frisar), é notório o esforço e empenhamento da nossa Polícia ao longo de todo o processo.

E é mesmo de louvar que a PJ já disponha, ao contrário do que julgamos, de mecanismos de pesquisa e acção idênticos ou muito próximos de um CSI.

Melhor e mais, estou convencida, não poderia ser feito. De parabéns a nossa PJ.

Choca-me, contudo, pensar que há muitas crianças portuguesas desaparecidas, como é o caso do Rui Pedro, em que o empenhamento da mãe é total mas em que a postura da nossa Polícia parece não ser tão semelhante, ou pelo menos, se o é, nunca tal foi divulgado publicamente e desta forma, o que leva os portugueses a porem em causa muita coisa.

De facto uns são filhos e outros enteados, e as cunhas e a posição social, infelizmente, contam muito e para tudo neste estado de direito chamado Portugal, em que tudo é torto ou não passa da cepa torta.

Depois, notícias como a supra confirmam o pior: que no fundo, no fundo, se calhar até é bom não encontrarem “a Maddie” – ou melhor, o corpo desta.

Não convém, se calhar…

Compromete as relações internacionais e deita abaixo e por terra a postura conservadora dos ingleses e compromete largamente o actual governo inglês, na pessoa do seu Primeiro-Ministro que tão admiravel e amavelmente cedeu o seu assessor de imprensa (!!! – será que o Sr. Eng. José Sócrates cederá o seu à mãe do Rui Pedro, se ela pedir com jeitinho?!?!?) .

Infelizmente a Maddie já não é vista apenas como mais uma criança que desapareceu e que é preciso encontrar urgentemente, quanto mais não seja para ter e termos paz.

A Maddie é um assunto de Estado que “mexe” com relações diplomáticas…o que retarda todo o processo, e não digam que não. E isso, é triste.

E só não seria triste, se todas as “Maddies” fossem assunto de Estado.

quarta-feira, outubro 3


U R G E N T E
Abandonaram-me à chuva. Sou um "menino", sou pequenino, tenho cerca de 2 meses e já como sozinho e vou ao caixote.
Sou esperto e brincalhão e tenho muitos ronrons para dar a alguém que queira ser meu dono e me dê uma cama quentinha, amor e comida.

Quem estiver interessado e tiver carinho para dar, é favor deixar comentário com contacto neste blog.

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here