quinta-feira, fevereiro 17

Agente da PSP morto na Cova da Moura

O bairro da Cova da Moura, na Amadora, foi isolado esta manhã pela PSP na sequência da morte, esta última madrugada, de um agente cujo carro patrulha foi atingido por vários disparos, que feriram também um segundo agente.



De acordo com informação avançada por uma fonte da PSP, foram controladas as entradas e saídas do bairro, onde não foi permitida a entrada de qualquer carro.

Segundo esta mesma fonte, o veículo da Polícia efectuava uma patrulha de rotina na rua principal daquele bairro problemático quando foi atingido pelos disparos por volta das 05h00.

Na sequência dos disparos, o agente ferido conduziu o veículo até ao Hospital Amadora-Sintra, onde o seu colega acabou por morrer. O agente ferido já recebeu alta.

Na altura do incidente, o carro patrulha era ocupado apenas por dois agentes, não tendo sido identificados os autores dos disparos efectuados com uma arma automática de 9 mm e alguns zagalotes.

O Sindicato dos Profissionais de Polícia já responsabilizou o governo pela morte de mais este agente, alegando que continuam a faltar meios à PSP para cumprir adequadamente as suas missões.

O Sindicato acusou a classe política de até ao momento ainda não ter apresentado qualquer proposta para melhorar as condições de segurança dos polícias.

Um pouco por todo o País, há polícias que querem entregar as armas em protesto pelo assassínio do colega e pela falta de meios para garantirem a sua segurança e a dos cidadãos.

Em memória do polícia morto esta madrugada, que fazia parte do efectivo e cerca de 40 agentes da esquadra da PSP de Alfragide, foi feito um minuto de silêncio às 12h00 nas esquadras de todo o País.

in: correiodamanha, ed. on-line

1 comentário:

Deia disse...

Não é k goste muito de policias, mas essa historia de só poderem usar a arma depois do criminoso disparar é coisa pra rir...pra rir sem piada nenhuma porque acabamos com policias feridos e outros mortos.Parece que se esquecem que esses mesmos policias tb têm familia, amigos, filhos , que são um ser humano como outro kk.
Querem segurança mas não dão meios á nossa policia pra a manter.
Perto estamos de ser um segundo Brasil com suas favelas e esquadrões da morte... Seria assim tão mau?!?!?!
Bem se entende aqueles policias k kd veêm confusão se afastam, afinal é vida deles k está em jogo.
Neste momento todo o povo português tem pena do policia k perdeu a vida e dizem:"tão novo", mas aposto k se ele tivesse sobrevivido e morto o agressor seria considerado um assassino.
Pois é... o nosso pais é assim!
Lamento imenso a perda desta vida, mas ñ estará na hora de se fazer algo?Há manifestações e abaixos assinados por tnt coisa, pk é k o povo ñ se junta e tenta pressionar o governo a dar mais meios á policia pra se proteger e proteger a nossa segurança?
É verdade, neste momento temos a telenovela das campanhas e o resto ñ interessa.

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here