quinta-feira, março 3

... Um dia triste.

... Um dia triste.


Estou para aqui frente a este ecrã que dizem ser uma janela para o mundo... se assim fosse, estaria agora aí para te poder ver e dizer tudo o que me vai na alma... e não presa a teclas.

E tudo foi e nada mais é... porque a vida não se compadece com outras regras que não as instituídas e atiradas à cara de quem as ousar violar; ainda assim o pior de tudo é senti-las na pele quando usadas por quem não era suposto vergar-se à sua ditadura, aí rasga-se a suave linha condutora por onde andávamos.

Fica um enorme vazio que não será preenchido, fica um sentimento que vive para lá dos dias e noites, que cresce sem alimento, que sonha sem alento, que teima em acreditar nas suas próprias virtudes e falácias, que se estima e anima para tudo poder, ainda que tudo pareça irremediavelmente perdido...

E que fazer a tudo isto? Bem sei que não é uma patologia grave mas, o que dizer do que me corrói por dentro? Do desassossego latente que me assalta a consciência e traz a dúvida, a ansiedade da incerteza, a tangível realidade dos factos crus e nus tal como os aceitámos e que afinal não chegam para calar o desejo que invade os nervos, a pele, os poros, as veias, e tudo o mais que nos compõe.... de lágrimas amargas fica a face descoberta, ao vento, ao frio cortante que se instala e nos desarma de defesas.

Tenho em mim a memória (essa terrível aliada, que tem tanto de bom como de mau) dos poucos dias que te vi.... falta-me o toque, a fragrância, o preenchimento profundo de uma inalação.... e então pergunto-te :

- “ Não será isto maior, que dizer que tenho SAUDADES tuas?”

Autoria: Titagomes

Sem comentários:

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here