terça-feira, dezembro 27

Saudades da minha Terra

Este Ano, já não vou lá. Sinto-me triste, mais vazio. Mesmo que fosse por uns segundos, isso bastaria para de imediato qualquer um observasse Estás com uma cara que expressa alegria. Tanta gente que eu gosto, tantas recordações e aquela esperança, a vontade imensurável de um dia ver um papel em cima da secretária onde poderei ler Vai ser colocado no CP de Castelo Branco... , sentimentos que, tal como diz a canção (e perdoem-me os restantes portugueses), só quem nasceu lá, em Castelo Branco, pode sentir e expressar falando da Beira Baixa.

Ò Castelo Branco, ò Castelo Branco
Mirando o cimo da serra
Ai, quem nasceu lá em Castelo Branco
Não
é feliz noutra terra
Ai, mirando o cimo da serra.

******
Coração da serra, não ama a cidade
Só na sua terra se sente à vontade
Eu nasci na beira sou homem pequeno
Sou como o granito bem rijo e moreno.

******

Meu bem quem me dera
Lá nos altos montes
Andar ao sol todo o dia
Beber água fresca em todas as fontes
Cantar como a cotovia
Ai andar ao sol todo o dia.

******

Coração da serra, não ama a cidade
Só na sua terra se sente à vontade
Eu nasci na beira sou homem pequeno
Sou como o granito bem rijo e moreno.

******

Ò Castelo Branco, ò Castelo Branco
Mirando o cimo da serra
Ai quem nasceu lá em Castelo Branco
Não
é feliz noutra terra
Ai mirando o cimo da serra

******

Coração da serra, não ama a cidade
Só na sua terra se sente à vontade

*******

Eu nasci na beira sou homem pequeno
Sou como o granito bem rijo e moreno



Image Hosted by ImageShack.us

Se Saudade é uma palavra que define o sentir deste nosso povo, estou certo que nesse sentimento, há muito do sentir Beirão.

Sem comentários:

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here