domingo, dezembro 18

O MOSTEIRO DE LEÇA DO BALIO


Mosteiro de Leça do Balio
Localizado em Matosinhos, o Mosteiro de Leça do Balio serviu, originalmente, a Ordem de Malta. Foi edificado no século XIV por Diogo Pires, o Moço. No lugar onde se ergue a igreja, gótica, existiu, por volta do ano 900, um convento duplex de invocação do Salvador, provavelmente arrasado durante a invasão de Almançor, em princípios do século XI.
O templo foi construído por iniciativa de frei Estevão Vasques Pimentel. Na segunda metade do século XIV (1372), ali casou D. Fernando com D. Leonor Teles. A igreja tem caracter defensivo, com planta em cruz latina de três naves e cabeceira tripla abobadada, com fachada revelando a divisão espacial interior e conservando lateralmente torre quadrangular alta.

Apresenta torre não maciça, com masmorra, como a torre de menagem do Castelo de Belver e as torres do Castelo da Amieira, ambas construções da Ordem do Hospital. Do mosteiro só já existe a igreja, de planta cruciforme, três naves de cinco tramos, transepto inscrito mas volumetricamente distinto, cabeceira com capela-mor e absidíolos, e torre sineira quadrangular adossando a sul ao frontispício.

Apresenta volumes escalonados com coberturas diferenciadas em telhados de uma, duas e quatro aguas. A fachada principal, orientada a oeste, é ladeada por alta torre, provida de balcões com mata-cães, a meia altura, e no topo, em angulo, seteiras e sete janelas ogivais.

O pórtico, aberto em alfiz e de quatro arquivoltas sobre colunas, é sobrepujado por um balcão ameado assente numa cachorrada, e por uma rosácea radiante. Nos flancos, aprumados de merlões sobre as cornijas, rasgam-se janelas geminadas. Na fachada Sul, abre-se um portal de quatro arquivoltas com gablete simples e colunas capitelizadas com lavores zoofitomórficos. Os alçados, tanto das naves laterais como da nave central, estão coroados de ameias.

No interior, o templo tem naves separadas por arcos quebrados, assentes em colunas com c

Sem comentários:

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here