segunda-feira, janeiro 24

FELICIDADE????

Será que nasceste nos anos 60, 70 ou 80?



Como conseguiste sobreviver?
Os carros não tinham cinto de segurança, nem apoio de cabeça nem seguramente airbags.
No banco de trás era a festa, era"divertido" e não era "perigoso".
As barras das camas e os brinquedos eram multicolores ou pelo menos envernizadas e com tintas contendo chumbo ou outros produtos toxicos.
Não havia protecção infantil nas tomadas eléctricas, portas das viaturas, medicamentos e outros produtos quimicos de limpeza. Podia-se andar de bicicleta sem capacete.
Bebia-se agua da mangueira de rega , num chafariz ou não importa qualquer outro sitio, sem que fosse agua mineral saida de uma garrafa estéril .
Faziamos carros com caixas de sabão e aqueles que tinham a sorte de ter uma rua asfaltada inclinada junto de casa podiam tentar bater records de velocidade e aperceberem-se, tarde demais, que os travões tinham sido esquecidos... Apos alguns acidentes, o problema era normalmente resolvido!
Tinhamos o direito a brincar na rua com uma unica condição estar de volta antes de anoitecer . E não havia GSM e ninguém sabia onde estavamos nem o que faziamos... Incrível!
A escola fechava ao meio-dia para almoço, podiamos ir comer a casa.
Arranjavamos feridas, fracturas e às vezes até partiamos os dentes, mas ninguém era levado a tribunal por isso. Mesmo quando havia grande bagunça, ninguém era culpado excepto nós mesmos.
Podiamos engolir toneladas de doces , torradas com toneladas de manteiga e beber bebidas com açucar de verdade , mas ninguém tinha excesso de peso, porque estavamos sempre na rua.
Podiamos partilhar uma limonada com a mesma garrafa sem receio de contágio .
Não tinhamos Playstation, Nintendo 64, X-Box, jogos video, 99 programas de TV por cabo ou satélite , nem video, nem Dolby surround , nem GSM , nem computador , nem chat na internet , mas nos tinhamos.... amigos!
Podiamos sair, a pé ou de bicicleta para ir a casa de um colega, mesmo se ele morasse a vários km , bater à porta ou simplemente entrar em casa dele e sair para brincarmos juntos .
Na rua, sim na rua no mundo cruel! Sem vigilância! Como é que isso era possível? Jogavamos futebol so com uma baliza e se um de nos não era seleccionado uma vez, não havia traumas psicologicos, nem era o fim do mundo!
Por vezes um aluno talvez um pouco menos bom que os outros tinha que repetir. Ninguém era enviado ao psicologo ou ao pedopsiquiatra. Ninguém era dislexico, hiperactivo nem tinha "problemas de concentração". O ano era repetido e pronto cada um tinha as mesmas oportunidades que os outros.

Nós tinhamos liberdades, erros, sucessos, deveres e tarefas ... e aprendiamos a viver e a conviver com tudo isso.
A pergunta é então: mas como conseguimos sobreviver ? Como pudemos desenvolver a nossa personalidade?
Será que tu também és desta geração?

Se sim, envia este texto aos teus contemporaneos, mas também aos teus filhos, sobrinhos e sobrinhas, etc. para qu'e eles vejam como era, naquele tempo !


Eles vão achar que a nossa época era aborrecida ....

...ah, mas como eramos felizes !!!...


ESTE BLOG É POBREZITO, MAS JÁ ESTÁ PAGO...(e sujeito a revisões, consoante a minha preguiça natural permita) - Jó Carvalho

2 comentários:

Deia disse...

Eu sou dos anos 80 e mesmo assim sei o k é jogar á macaca.
Ir pra rua de bicicleta sem capacete e cair, arrancar as unhas dos pés... rssss Nese dia tinha uma festa toda pipi com os meus pais, fui com uns chinelos dos flinstones e de vestido.lololol
Sei o k é empaturrar-me de gelados e no dia seguinte ter uma dor de barriga fenomenal.
Lembro-me das noites de verão eu ter cerca de 6 /7 anos e ir pra rua á noite jogar ás escondidas sem k os meus pais tivessem medo k algum mal me acontecesse.
Lembro-me dos Santos populares festejados aki na rua...
Lembro-me dos pik-niks e de ver corcodilos nas arvores ( era um lagarto, mas eu era pequenina ñ sabia a diferença).
Lembro-me das férias no parque de campismo, onde ao fim do dia eu era mais terra k gente.
Lembro de tnt coisa da minha infância e tenho pena... pena do k era ser criança e k agora já ñ é o mesmo.

Jó Carvalho disse...

Amiga... essea visão dos crocodilos, era a evolução natural da visão infantil para lucidez adulta. Ter evoluido assim, deu-te a possibilidade de olhar para um indivíduo bem vestido, de ar grave e responsável e de imediato reconheceres a espécie (besta)política. :D

 

ESTE BLOG FOI OPTIMIZADO PARA VISUALIZAÇÃO EM 1024X768 Pixels em Google -Chrome,ver. 24.0.1312.57 m ©COPYRIGHT© de Júlio Vaz de Carvalho. ©COISAS 2004-2015, é um WEBBOLG da responsabilidade do seu autor, o seu conteúdo pode ser reproduzido, sempre que referidas as fontes e autores. Todos os textos, notícias, etc., que sejam da responsabilidade de terceiros (pessoais ou institucionais,serão devidamente identificados, sempre que possí­vel, bem como serão referidos os locais a partir dos quais poderão ser consultados no contexto original.Todos os trabalhos publicados por colaboradores do blog,podem ser copiados e divulgados, sempre que seja indicada a sua origem, não carecendo de autorização dos mesmos, caso aqueles assim o manifestem. COISAS, é um Blog quase APOLíTICO e não se rege por ideias pré-concebidas unicamente apoiando causas de reconhecido interesse para a Humanidade, sempre que elas sejam isentas e objecto de reconhecimento universal que vão desde a luta contra os cocós dos Lu-Lus a minar os passeios à legítima pretenção de ver restaurada a Monarquia em Portugal.

Who Links Here